ÁREA DE ATUAÇÃO DO ENDOCRINOLOGISTA 2018-10-18T14:52:22+00:00

ÁREA DE ATUAÇÃO DO ENDOCRINOLOGISTA

Você sabe de que forma o endocrinologista pode ajudar? Conheça, aqui, os campos de atuação desse especialista.

ESCREVA PARA O DR. FELIPE GAIA
Icon

RESIDÊNCIA MÉDICA EM ENDOCRINOLOGIA

Endocrinologia e metabologia é uma especialidade exercida por médicos que estudam os hormônios e doenças metabólicas relacionadas a alterações hormonais.

Após a residência em clínica médica o médico passar por dois anos de formação intensiva na área de endocrinologia, estudando diariamente as doenças das glândulas hormonais e alterações no metabolismo relacionadas aos hormônios.

Dentro do campo de atuação do especialista em endocrinologia encontram-se doenças das seguintes áreas:

Doenças da hipófise

Tumores hipofisários (adenomas) produtores ou não de hormônios como: Acromegalia (adenoma secretor de GH), Doença de Cushing (adenoma secretor  de ACTH-Cortisol), Prolactinomas (adenoma secretor prolactina), Tireotopinomas (adenoma secretor de TSH).

Reposição de hormônios hipofisários em situações como o hipopituitarismo e o diabetes insípidus, etc. Avaliação de lesões na região hipofisária.

Doenças da tireoide:

Nódulos de tireóidecâncer de tireóide, hipotireoidismo, hipertireoidismo, inflamações da tireoide (tireoidites) e etc.

Doenças da paratireoide:

Doenças que cursam com produção aumentada ou diminuída do hormônio que regula os níveis de cálcio (PTH ou paratormônio). Avaliação de hiper ou hipocalcemias.

Doenças da supra-renal:

Nódulos da glândula supra-renal, funcionantes ou não como Feocromocitoma (tumor produtor de adrenalina, noradrenalina e/ou dopamina), Aldosteronoma (tumor produtor de aldosterona), tumores produtores de cortisol (Doença de Cushing ACTH-independente), tumores com secreção mista.

Disfunção na produção de hormônios como por exemplo a hiperplasia adrenal congênita (alteração genética na produção do cortisol).

Doenças da produção de hormônios ovarianos e testiculares:

Síndrome dos ovários policísticos, reposição dos hormônios testiculares (testosterona) e ovarianos (estradiol e progesterona).

Doenças do desenvolvimento:

Baixa estatura, alta estatura, puberdade precoce, puberdade atrasada, síndromes genéticas, etc.

Doenças do metabolismo intermediário:

Diabetes melitus (açúcar) e dislipidemias (gorduras: colesterol e triglicérides)

Doenças do metabolismo energético:

Obesidade, anorexia nervosa e bulimia.

Doenças do metabolismo ósseo:

Osteoporose, raquitismo, osteomalacia, raquitismo hipofosfatêmico, doença da Paget, osteopetrose, fibrodisplasias etc.